A Caixa / The Box

A Caixa

Semana passada falei aqui de Twilight Zone, lembram? Bem, uma das melhores histórias contadas no seriado foi Button, Button – justamente a história que deu origem a este A Caixa.

Uma caixa com um botão é deixada na porta da casa de uma família comum. Um sujeito sinistro aparece depois com as instruções: se o botão for apertado, quem apertou ganha um milhão de dólares, além disso, uma pessoa desconhecida morrerá.

A primeira dúvida que vem à cabeça é como uma história curta, de pouco menos de 20 minutos, vira um longa metragem de quase duas horas? Respondo esta questão sem spoilers: o filme se propõe a contar a história por trás da caixa com o botão. Acredito que os fãs radicais da série original não vão gostar disso, mas admiro a coragem do roteirista e diretor Richard Kelly (do esquisito Donnie Darko) de inventar algo em cima do conto clássico.

No elenco, Cameron Diaz, Frank Langella e James Marsden estão bem. Aliás, sou o único a achar que achei que Marsden cortou o cabelo no mesmo lugar que o Dexter, aquele do seriado?

Não sei por que a opção de se passar o filme em 1976. Mas gostei da reconstituição de época. E os efeitos são muito interessantes, o rosto desfigurado de Langella está perfeito, assim como os efeitos com água são bem legais.

Enfim, A Caixa não vai agradar a todos. A trama por trás do botão é complexa. É daquele tipo de filme que, quando acaba, a gente fica um tempo pensando, tentando montar o quebra-cabeça. Mesmo assim, é um bom filme!

p.s.: Se alguém tiver curiosidade de ver a historinha original, tem no youtube, em duas partes, infelizmente sem legendas em português:

Anúncios

Marcado:, , , , ,

6 pensamentos sobre “A Caixa / The Box

  1. Gilberto 16 dezembro, 2009 às 2:06 pm Reply

    Que perda de tempo. Montar um blog pra comentar filminhos de sessão da tarde. Não tem nada melhor pra fazer, não?

  2. heuhein 17 dezembro, 2009 às 1:30 pm Reply

    Caro Gilberto,

    1- Tem certeza que aqui só tem “filminhos de sessão da tarde”? Este filme, onde estamos comentando, ainda nem estreou nos cinemas brasileiros, e já virou “sessão da tarde”?

    2- Alguns “filminhos de sessão da tarde” são geniais. “Curtindo a Vida Adoidado” é um deles!

    Obrigado pela visita!

  3. Thais Grise 17 janeiro, 2010 às 1:54 am Reply

    Olá,

    Tenho 34 anos e não sei se vocês se lembram de Alfred Richicok ( acho que é assim que se escreve)?
    Então, se não estou enganada, se estiver por favor me corrijam, até onde me consta essa história delirante de caixa com botão que mata gente: é Velha, ou seja do referido senhor acima citado.
    Aliás a primeira vez que assisti algo parecido com isso devia ter de 10 a 12 anos e foi meio que no branco e preto, se não me falhe a memória, portanto para os não informados de plantão o cara foi master em filmes de suspense da sua época. O que sem sombra de dúvidas e com certeza, retira total e completamente o filme A Caixa da categoria de filminho de sessão da tarde.

  4. Douglas Chaves 12 junho, 2010 às 10:00 pm Reply

    Helvecio, eu acabei de ver o seu blog lá na comunidade do Flu. Gostei muito do texto e concordo plenamente com você. Acho que a história se passa na década de 70 é para simplificar as questões por trás da caixa. Se fosse no nosso tempo, poderia ser mais fácil para o marido investigar e tal. A alta tecnologia da Nasa estaria disponível para o personagem e tudo mais. Abração!!

  5. Isadora 9 julho, 2010 às 5:31 pm Reply

    “A Caixa” é o tipo de filme que nunca vai passar na Sessão da Tarde e as referências a Sartre e ao Arthur C. Clarke no decorrer das cenas deixa a história bem interessante.

    A história “Button, Button”, que inspirou o episódio do “Twilight Zone” e o filme “A Caixa”, é um conto escrito por Richard Matheson. Por nome é difícil conhecer o cara, mas com certeza todo mundo já assistiu alguma coisa baseada em um dos seus livros.

  6. O Pacto « Blog do Heu 18 fevereiro, 2012 às 9:22 pm Reply

    […] trama lembra A Caixa, filme baseado na série Twilight Zone. Mas se A Caixa se perde na parte final, O Pacto consegue […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: