Soldado Universal 3: Regeneração

Soldado Universal 3: Regeneração

Uma continuação do sci-fi de ação Soldado Universal, de 1992, em pleno 2010, com os dois atores do filme original? Bem, não deve ser bom. Mas vale ver qualé.

Terroristas ameaçam explodir Chernobyl e para resolver isso, o projeto soldado universal é retomado. Mas ao lado dos terroristas existe uma nova geração de soldado universal, alterado geneticamente, uma versão melhorada em todos os aspectos.

Por que heu disse lá no primeiro parágrafo que o filme não deveria ser bom? Bem, o próprio conceito do filme original inviabiliza uma continuação destas. O soldado universal é um quase robô criado a partir de um soldado morto. Ora, como é que vão colocar o Jean-Claude Van Damme e o Dolph Lundgren 20 anos mais velhos nos mesmos papéis? Desde quando gente morta envelhece?

Isso sem contar com uma incoerência do roteiro. É apresentada uma nova geração de soldado universal, com o DNA manipulado, superior ao original em tudo. Se o novo soldado é tão melhor que o antigo, ele ganharia fácil qualquer combate… Mas parece que ele gosta mais de dar p$#@rrada nos outros do que seguir os seus objetivos – por mais de uma vez, ele perde tempo nos sopapos enquanto poderia resolver logo matando o adversário.

Vendo este filme, me pergunto por que o Van Damme não aceitou o convite para participar de Os Mercenários. Van Damme alegou que não gostou do roteiro. Mas, ora, o roteiro de Soldado Universal 3: Regeneração não é melhor que Os Mercenários

(Aliás, na minha humilde opinião, Os Mercenários é melhor que Soldado Universal 3: Regeneração, justamente por não se levar a sério.)

Mesmo assim, Soldado Universal 3: Regeneração, apesar de não ser nenhuma maravilha, não vai decepcionar os fãs do filme original. As lutas são bem coreografadas, Van Damme está em forma e ainda luta bem apesar da idade (ele faz 50 mês que vem), Dolph Lundgren pouco aparece e usa bem a sua canastrice, e Andrei ‘The Pitbull’ Arlovski, o novo soldado universal anabolizado, é bom para o que o papel pede – um cara grande, com cara de mau e que luta bem, afinal, ninguém pediu um ator aqui…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: