Top 10: Coisas que detesto nos dvds

Top 10: Coisas que detesto nos dvds

Hoje o post será diferente. Em vez de falar de filmes, vou falar do meio que usamos para vê-los – o dvd!

Há tempos perdi a conta de quantos dvds tenho em casa. Com certeza são mais de mil. E, com o meu convívio quase diário com os disquinhos, resolvi anotar algumas coisinhas que me irritam neles.

Mas, antes de falar mal do dvd, quero avisar que não sou saudosista e não sinto falta do meu videocassete. Algumas características do vhs são melhores do que o dvd, mas é inegável a melhoria que o dvd trouxe para o cinéfilo colecionador de filmes.

Alguns podem argumentar que, depois do blu-ray, falar de dvd também é saudosismo, mas acho que os problemas citados na lista também acompanham os disquinhos de caixa azul.

(Tem outra coisa, mas é assunto pra outro texto e em outro tipo de blog. A mudança entre o dvd e o bd não foi tão radical como entre o vhs e o dvd. O bd é a evolução natural do dvd, que era algo completamente diferente do vhs. Se alguém perguntar pra mim qual foi a grande revolução da virada do século, direi que foi a digitalização do mundo. Antes, textos, imagens, sons e vídeos tinham formas diferentes de interagir com o mundo; hoje é tudo digital, tudo se resume a uma sequência binária. Mas, como falei, isso é assunto pra outro tipo de blog – aqui só falamos de cinema!).

Lembrando, claro, dos vários Top 10 já feitos aqui no blog: filmes de zumbi, filmes com nomes esquisitos, filmes sem sentido, personagens nerds, estilos dos anos 80, melhores vômitos, melhores cenas depois dos créditos, melhores finais surpreendentes, melhores cenas de massacre, filmes dos ano 80 e 90 nunca lançados em dvd no Brasil, estilos de filmes ruins, casais que não convencem, musicais para quem não curte musicais, melhores frases de filmes, melhores momentos de Lost, maiores mistérios de Lost, piores sequencias, melhores filmes de rock, melhores filmes de sonhos, melhores filmes com baratas, filmes com elencos legais, melhores ruivas, melhores filmes baseados em HP Lovecraft, filmes que vi em festivais e mais ninguém ouviu falar, Atores Parecidos, Atrizes Parecidas, filmes de lobisomem, melhores trilogias, filmes de natal e melhores filmes de 2010. Visitem!

Vamos às coisas que odeio nos dvds?

p.s.: Hoje não colocarei imagens divertidas antes de cada item, não conseguirei tantas imagens representativas!

p.s.2: Tem uma outra coisa que me incomoda, mas é tão específica que não sei se merece entrar em um Top 10. Na série de dvds “Bebê Mais”, para bebês (dããã), quando você clica “menu”, vai para uma propaganda dos dvds da série, que dura quase um minuto e termina no menu. Acho isso desonesto, quando clico menu, quero ir para o menu, e não ouvir “descubra a magia do…” AAAARRGHHH!!! Mas, como falei, isso é específico, quase ninguém conhece esses dvds…

10- Dvds em capas de papel

Ok, aqui no Brasil, são poucos os dvds com capinhas de papel, nos EUA são mais comuns, tenho vários dvds americanos em capas de papel. Aqui são poucos, mas existem, o meu Corpos Ardentes e o meu Blade são assim.
Por que não a capinha convencional, protegida por plástico?

9- Menu Animado

A primeira vez que vi um menu animado, achei o máximo! Legal! Ok, isso foi a primeira vez. A segunda já não foi mais legal. O que pensar sobre as outras milhares de vezes?
E quando queremos logo ir para o menu, mas temos que esperar a animação acabar?

8- Não poder deixar o filme “no ponto”

Uma vantagem que o vhs trazia era deixar um filme “no ponto”. Você está vendo um filme, tem que parar por algum motivo qualquer, só vai voltar no dia seguinte, o filme está lá parado, te esperando. Ou então pegou uma cena muito legal que quer mostrar a alguém, leva a fita até a casa da pessoa, coloca no videocassete, e não precisa ficar carregando e procurando.
Nunca mais… Agora é sempre “carregar” e depois procurar no menu…

7- Trailer vendido como extra

Gosto de ver trailers. Mas eles são propagandas de outros filmes da mesma distribuidora. Não são extras!

6- Versões com extras diferentes

Você gosta de um filme, e compra o dvd. Passa um tempo, e aparece outra versão, com outros extras. Ora, diabos! Deveria haver um recall em casos assim!

5- Risca muito fácil

Vhs amassava. Mas é muito mais fácil um dvd riscar do que um vhs amassar! Quem tem filhos sabe o que é isso!
E tem um agravante: é mais fácil arranhar perto da beirada, o que vai te deixar ver quase todo o filme, mas vai travar perto do fim…

4- Não poder trocar idioma e legendas com o filme rolando

Fui rever Blade Runner. Coloquei o disco, começou o filme – entrou direto a versão dublada. Nada contra os meus amigos que trabalham com dublagem, mas… certos filmes merecem o áudio original. Apertei o botão pelo controle remoto, e apareceu a mensagem “opção inválida”. Tem que parar o filme e ir até o menu, selecionar idiomas, escolher “inglês”. Aí volta automaticamente para o menu, e você tem que ir, de novo, até o menu, selecionar idiomas, escolher a legenda.
Isso só acontece com alguns discos. Mas não era mais fácil direto pelo controle remoto, como a grande maioria dos dvds por aí?

3- Dvds que entram direto nos trailers

Este é um caso muito, muito, muito chato. Seria o número 1 das coisas odiáveis em dvds se fosse mais frequente, mas, felizmente, acontece pouco.
Conhece o filme Apenas Uma Vez? Coloque o dvd. Você é forçado a ver as mensagens sobre direitos autorais e a logomarca da companhia. Até aí, que saco, mas, fazer o que, todos os dvds são assim. Logo depois, começa oprimeiro trailer. Epa, não quero ver, quero ir para o menu. Aperto “menu”, e aparece a mensagem “opção inválida”. Aperto “próximo”, aparece a mesma mensagem “opção inválida”. A única opção é colocar o trailer em alta velocidade, porque você é obrigado a ver o trailer antes de ver o filme.
Cronometrei: seis minutos e vinte segundos de espera para chegar no menu. Impressionante a incompetência da pessoa responsável por isso!

2- Região

Tenho muitos dvds importados. Meus. Originais. Comprados legalmente. Mas não posso assisti-los, porque inventaram uma regra estúpida que diz que, num mundo globalizado, você não pode assistir um dvd importado.
Acho que o “gênio” que teve essa “brilhante ideia” achou que isso ia ajudar na briga contra a pirataria. Mas, vem cá, o dvd player toca dvd pirata! Não posso ver o meu dvd original, comprado legalmente, mas posso ver uma cópia pirata dele, baixada na internet. Realmente, ideia de “gênio”!
(E, para comprovar que o blu-ray é uma evolução do dvd, o novo disco também traz essas malditas regiões!)

1- Não poder pular os avisos e as logomarcas

Imagine que você comprou um cd que, sempre que coloca no cd player, você é obrigado a ouvir uma mensagem dizendo que o cd é protegido por lei? Ou então, você compra uma revista ou livro que, toda vez que fecha, quando vai abrir de novo tem um mecanismo que sempre abre numa página explicando que a obra está protegida por leis?
Por que diabos temos que ler o aviso TODAS AS VEZES que colocamos o disco no player???
Detalhe: o aviso só rola em dvds originais, aquele piratão que o camelô vende na esquina não tem aviso nenhum. E aí é que tá a ironia da parada: quem compra dvd original é bombardeado por avisos que deveriam ser pra quem pega o piratão; e quem vê o pirata nunca vai ler aviso nenhum!
Mas, ok, vamos entender o lado dos caras, eles precisam nos mostrar que tudo é protegido. Tá, aceito. Mas, por que preciso ver a logomarca animada da distribuidora??? O que eles querem provar, forçando goela abaixo uma logo completamente desnecessária??? Você já comprou a porcaria do dvd, você já deu o seu dinheiro para eles, porque você é forçado a assistir a uma propaganda???

Ok, foi um Top 10 mal humorado. O bom humor volta no próximo!

Anúncios

7 pensamentos sobre “Top 10: Coisas que detesto nos dvds

  1. Alexandre, o Tabajara 13 janeiro, 2011 às 6:41 pm Reply

    Comentarios com as opcoes:
    10- Dvds em capas de papel – É uma opcao pra baratear o custo do dvd…em 1 real. Nao consigo realmente entender qualé a “jogada” por tras disso. Saca economia burra? Tai. Exemplao.

    9- Menu Animado – Qual o problema, eu so vou ve-lo uma vez mesmo 🙂 Alem do mais a animação é ANTERIOR ao menu, entao so clicar “menu” 🙂

    5- Risca muito fácil – Mole, nao tenha filhos! 😀

    4- Não poder trocar idioma e legendas com o filme rolando – Teu DVD Player é velho, heim? Até nos DVDs de 1.99 que voce compra nas casas bahia, voce tem os botoes de idioma, legendas, etc. Ja faz tempo que nao uso um desses (quando preciso tocar dvd, eu uso meu xbox 1) mas todos OS MAIS NOVOS qu eu vi, tinham essas funções. E ca entre nós? Na epoca do HTPC, DVD é coisa de quem ainda acha que andar de fusca é “cool”

    3- Dvds que entram direto nos trailers – O ultimo DVD “de hardware” que eu tive, era um Apex AP-660 com o firmware PROFUNDAMENTE hackeado por mim. E nao é exclusividade do Apex nao, a maioria dos (bons?) DVDs hoje em dia tem firmware hackeado disponivel, com dezenas de funcoes interessantes. A melhor delas em minha opiniao é justamente essa – voce pode pular QUALQUER coisa, incluindo aquele aviso penn taylor de copyright no inicio. Procure pelo forum do Jefferson Ryan e veja que interessante os aparelhos de firmware hackeado 😀

    2- Região – Vide resposta acima. Tem tempo que eu nao sei o que é esse negocio de regiao em DVD.

    1- Não poder pular os avisos e as logomarcas – Viva o firmware hackeado, que TAMBEM deixa voce pular a tralha toda 😀

  2. Rogério de Moraes 13 janeiro, 2011 às 7:58 pm Reply

    Adorei. A ideia do recall quando sair outro com mais extras foi genial. Me diverti muito.

  3. Kleber Godoy 14 janeiro, 2011 às 12:14 am Reply

    hehehe… adorei… realmente marcou pontos chave para não se irritar com os dvd´s… abraços!

  4. Tiberio 14 janeiro, 2011 às 8:57 am Reply

    Boa lista, mas nossa sorte que hoje temos a possibilidade de “dar uma volta” nesses problemas através de firmware modificado. Tem coisas que não tem jeito mesmo… não tem como salvar no dvd onde você parou de assistir…
    Valeu.

  5. Carlos Castro 20 janeiro, 2011 às 12:17 pm Reply

    Realmente a questão da região do DVD é algo que irrita profundamente. Morei uns anos no exterior e, como bom colecionador, continuei comprando meus DVDs. Para minha surpresa, quando voltei ao Brasil, nenhum deles tocavam nos aparelhos daqui. Para assisti-los, minha única opção é o notebook comprado lá.

  6. Sergio Rieth 24 março, 2013 às 9:30 pm Reply

    QUANTA BOBAGEM. PREGUIÇA PARA VOLTAR UM MENU… PERDI TEMPO LENDO ISSO !

  7. Fernando Sagatiba 17 abril, 2013 às 10:40 am Reply

    Eu adorei a ideia do recall também. Se fosse assim, eu não me sentia tão lesado pelo safado do George Lucas a cada novo lançamento de Star Wars com um retoque diferente de mês em mês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: