Redacted / Guerra Sem Cortes

Redacted / Guerra Sem Cortes

Há tempos heu adiava este último Brian de Palma. Alguma coisa já me dizia que este não era um dos seus melhores filmes…

Redacted acompanha um grupo de soldados na Guerra do Iraque, na mesma época que foi registrado o estupro seguido de morte de uma adolescente iraquiana e o assassinato de várias pessoas de sua família por alguns soldados do Exército dos Estados Unidos.

Redacted é mais um “documentário fake”, usando câmera subjetiva, como se fosse filmado pelos próprios atores. Não tenho nada contra o estilo, o problema é que o talento de De Palma foi completamente desperdiçado.

Brian de Palma é um dos poucos artesãos do cinema contemporâneo. Há pouco falei de seu O Pagamento Final, um filme onde parece que ele tem cuidado com cada plano, cada fotograma. Dá pena ver um cara com um talento desses brincando de câmera subjetiva…

O que ficou interessante na edição é que várias fontes são usadas para montar a história. Além do diário gravado pelo soldado americano, temos imagens de um documentário francês, trechos de reportagens da tv local, vídeos tirados do youtube, e até um video de extremistas publicado na internet.

O filme é uma pesada crítica à postura do exército americano na Guerra do Iraque. Isso não pegou muito bem lá nos EUA, mas aqui no Brasil não me pareceu nada demais – acho que, por aqui, ninguém nunca levou a sério esse papo de “estamos procurando armas de destruição em massa”…

Como todo filme de “realismo fake”, Redacted não traz atores famosos. Os rostos desconhecidos fazem um bom trabalho.

É curioso notar que o formato de Redacted é bem parecido com o laureado Guerra ao Terror, vencedor do Oscar de melhor filme, direção e roteiro de 2009. E Redacted, de dois anos antes, foi ignorado…

Mais um comentário: ao terminar o filme,vemos uma série de fotos, supostamente reais, de vítimas da guerra. Olha, se eram reais ou não, pouco importa. Mas com certeza eram desnecessárias…

Este filme é de 2007, e nunca foi lançado aqui no Brasil. Segundo o imdb, só passou aqui no Festival do Rio de 2008. Ok, o filme não tem muito apelo comercial, mas é do Brian de Palma, caramba! Merecia ser lançado, nem que fosse direto em dvd!

O que é estranho é que De Palma não fez nada depois deste filme. Brian, cadê você? Estamos com saudades! Volte logo! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: