Atividade Paranormal 2

Crítica – Atividade Paranormal 2

Como não gostei muito do primeiro Atividade Paranormal, não dei muita bola pra sua continuação. Mas, como estreou a versão japonesa, Atividade Paranormal Tóquio, resolvi ver logo o Atividade Paranormal 2.

Uma família se muda para uma nova casa. Um dia, ao chegarem em casa, encontram tudo revirado. Apesar de não terem roubado nada, a família resolve instalar um sistema de segurança com várias câmeras. Coisas estranhas continuam acontecendo, e a família começa a acreditar que a casa é mal assombrada.

Atividade Paranormal 2 é exatamente o que se espera: um filme lento, usando a câmera subjetiva, fazendo de conta que aquilo foi verdade. Isso não é mais novidade, só aqui no blog já tivemos 10 filmes assim. O formato escolhido limita o uso de efeitos especiais e de trilha sonora. Isso pode tornar o filme um pouco maçante, o que acontece aqui…

Tem outro problema, na verdade uma grande mancada: quando este tipo de filme surgiu, a proposta era nos fazer acreditar que tudo era verdade. Para isso, sempre foi essencial o uso de atores desconhecidos. Quem teve a “brilhante” ideia de chamar Sprague Grayden para o papel principal? Ela pode não ser uma atriz muito famosa, mas seu rosto é conhecido, de filmes e de séries como Jericho e 24. Não rola nem de tentar fingir que é fake, né?

Apesar disso tudo, acho que quem gostou do primeiro filme vai curtir esta continuação. Pode não trazer nada de novo, mas pelo menos a produção não é mal cuidada.

.

.

Se você gostou de Atividade Paranormal 2, o Blog do Heu recomenda:
Atividade Paranormal
[REC]
The Troll Hunter

Anúncios

3 pensamentos sobre “Atividade Paranormal 2

  1. Cleiton Negreiros 8 abril, 2011 às 3:23 pm Reply

    Ufa… Mais que vou correr longe! Valeu pela dica!

    Heu, admiro a sua disposição pra ver tantos filmes numa semana!!! Como você arruma tempo?!

    O último que eu vi foi Tropa de Elite 2 em suaves prestações de 3 dias diferentes!!!

    Abraços!

    • Helvecio 8 abril, 2011 às 3:32 pm Reply

      Cleiton, tô com um filho de um mês e meio em casa. Preciso dar mamadeira e ficar com ele no colo durante intermináveis crises de cólica – às vezes de madrugada! Ver filmes na tv é bom pra passar o tempo… 😉

      Outra coisa que ajuda é que tenho visto poucas séries…

  2. guilherme Kuhnert 29 maio, 2011 às 11:31 pm Reply

    Cara, eu vi esse filme tipo bruxa de Blair e acho que seus produtores deveriam ser considerados criminosos por estelionato, pois aquilo nunca foi filme nem cinema e sim embuste! crime de falsidade ideológica tb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: