Cropsey

Crítica – Cropsey

Documentário sobre Andre Rand, suposto assassino serial pedófilo de Staten Island.

Talvez tenha sido erro de interpretação de texto da minha parte. Mas achei que a sinopse oferecida pelo Rio Fan dá a impressão que é outro tipo de filme: “Ao descobrirem que era real a lenda urbana que os aterrorizava quando mais novos, uma dupla de cineastas decide descobrir o mistério por trás do desaparecimento de cinco crianças.” Sei lá, viajei, achei que a história podia entrar numa onda “Bruxa de Blair“, mas, nada, é um documentário careta.

(Acho que heu não fui o único, finda a sessão, conversei com outras duas pessoas que também não sabiam que Cropsey era um documentário…)

Enfim… já falei aqui em outras ocasiões o meu problema com documentários. Não tenho nada contra, mas acho que o interesse do espectador no documentário está diretamente ligado ao interesse no assunto documentado. Se gosto do tema, quero ver o documentário; se não gosto, dispenso…

Pelo menos posso atestar que Cropsey funciona redondinho. Até o fim ficamos na dúvida sobre a inocência (ou não) de Rand.

Mas bem que heu preferia ver um filme de terror – ficção – com esse tema…

Anúncios

Um pensamento sobre “Cropsey

  1. Subaru 26 outubro, 2011 às 11:09 am Reply

    Careta?

    Cara, Cropsey é um excelente documentário.
    Não é porque ele não é shockumentary como A Bruxa de Blair que deixa de ser bom.
    Fikdik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: