Não Tenha Medo do Escuro

Crítica – Não Tenha Medo do Escuro

Novo terror com a grife Guillermo del Toro! Será que é bom?

A jovem Sally vai morar com seu pai e a namorada numa velha mansão que pertenceu a um famoso pintor que desapareceu décadas antes, e que o casal está reformando. Quando encontram um porão escondido, Sally descobre algo que não deveria ser descoberto.

A direção de Não Tenha Medo do Escuro (Don’t Be Afraid Of The Dark, no original) foi do estreante Troy Nixey; a Guillermo Del Toro coube a produção e o roteiro – curiosamente, um dos pontos fracos aqui. A ambientação na velha mansão é eficiente (algumas cenas lembram O Labirinto do Fauno), a boa trilha sonora evoca filmes de terror clássicos dos anos 70, e os monstrinhos convencem. Mas o roteiro tem algumas situações forçadas demais!

Algumas coisas no roteiro são clichê demais, como os desenhos secretos do artista serem iguais aos da menininha; ou o bibliotecário que é a única pessoa que conhece a fase misteriosa do artista. Quantas vezes a gente já viu isso, caro Del Toro?

E aí a gente começa a listar os furos no roteiro. Como é que a polícia não investigou o violento ataque sofrido pelo caseiro? Cadê as dezenas de fotos de polaroide? Se as criaturas tinham medo da luz, como aparecem na festa? Por que diabos a menina não mostrou a criatura esmagada na biblioteca? E por aí vai, a lista é longa. E isso sem mencionar outro problema: Não Tenha Medo do Escuro é um filme de terror sem sustos. E ainda desperdiçou uma boa oportunidade de usar a lenda da Fada dos Dentes…

No elenco, a boa surpresa é a menina Bailee Madison, eficiente no papel introspectivo. Os outros dois atores principais, Guy Pearce e Katie Holmes, não estão mal, mas também não fazem nada demais.

Enfim, Não Tenha Medo do Escuro tem coisas que se salvam. Mas o resultado final fica devendo.

.

.

Se você gostou de Não Tenha Medo do Escuro, Blog do Heu recomenda:
A Órfã
Sobrenatural
Arraste-me Para o Inferno

Anúncios

4 pensamentos sobre “Não Tenha Medo do Escuro

  1. DanielFGS 2 novembro, 2011 às 4:06 pm Reply

    Incrível os outros sites falam bem do filme,e eu chego aqui e leio uma péssima critica,mas tudo bem como eu não assisti o filme ainda não posso dizer muito.Mas mesmo assim sou fan do Guilermo Del Toro.

    P.S:Fada dos dentes seria um outro cliché,por que acabaria ficando muito parecido com o filme “No Cair da Noite” (2003),que alias é um filme bem ruim.

  2. Alexander Ribeiro 3 novembro, 2011 às 2:35 pm Reply

    Olá , Helvecio , td bem ? Sou o Alexander do Blatella , e gostaria de convidá-lo pra a sessão do Cineclube que vai rolar nesse sábado no Estúdio Hanói , em Botafogo .
    Vamos exibir o filme A FURIA DAS FERAS ATOMICAS . A sessão começa as 16:00 horas . O endereço eh : Rua Paulo Barreto , 16 sobrado – Botafogo . Conto com sua presença

  3. julia leticia costa marques 8 janeiro, 2012 às 3:54 pm Reply

    eu ja assisti nao tenha medo do escuro no dia do meu niver e fiquei morrendo de medo tanbem ja assisti jogos mortais 5

  4. Bianca 9 fevereiro, 2012 às 8:38 pm Reply

    Eu gostei do filme, e qndo a menina n mostrou os bichos esmagados na biblioteca eu tbm me perguntei pq…

    Mais eu queria saber oq acontece com a Kim..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: