Safe

Crítica – Safe

Mei, uma menina oriental superdotada que tem na mente um código numérico de valor incalculável, está sendo perseguida pelas máfias russa e chinesa e por policiais corruptos. Um ex-policial, que teve a vida arruinada pelos mesmos inimigos, aparece para ajudá-la.

Escrito e dirigido por Boaz Yakin (roteirista de Príncipe da Pérsia), Safe segue a “cartilha Jason Statham”: cenas de ação bem feitas, tiroteios, pancadarias e perseguições de carro. Nada de novidades. Mas os apreciadores do estilo vão curtir. Não sou expert em “stathamania”, mas tive a impressão que o que Safe tem de diferente dos seus outros filmes é o elevado “body count” – morre MUITA gente aqui!

O mais interessante na trama de Safe é a multiplicidade de antagonistas: são vilões vindo de três fontes diferentes. Pena que o roteiro é fraco e os personagens são rasos e mal construídos – incluindo o protagonista. Assim, a gente não torce nem por ele, nem por ninguém. Só torce pro fim do filme…

No elenco, o único nome famoso é o do Jason Statham. Mas tem pelo menos mais um nome digno de nota: Chris Sarandon, o eterno Jerry Dandridge do primeiro A Hora do Espanto. Catherine Chan, que faz a menina Mei, é vítima do roteiro fraco, mas pelo menos não atrapalha como algumas atrizes mirins por aí.

Dispensável. Só para fãs hardcore do Jason Statham…

.

.

Se você gostou de Safe, o Blog do Heu recomenda:
Os Especialistas
À Toda Prova
The Raid – Batida Policial

Marcado:, , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: